ÚLTIMAS RESENHAS
acompanhe o blog
nas redes sociais

18.9.20

Sobre a escrita: A arte em memórias [Stephen King]

Sobre a escrita: A arte em memórias

No rastro do mestre

Mais uma vez mergulho com vontade numa leitura do mestre Stephen King. Não tenho pudores em chamá-lo assim. Este não é seu primeiro livro não ficcional, já li também “Dança macabra”, um calhamaço que gostei mais, mas isto não me impediu de saborear este.

Sobre a escrita (Suma, 255 páginas) é um livro sobre “dicas” a escritores iniciantes ou não, a leitores curiosos, mas também é sobre memórias, que nos dá pista sobre como King chegou à “sua” escrita ou o porquê ele “precisa” escrever. Há referências próprias do inglês americano, mas em sua grande maioria o livro pode ser lido e aproveitado em sua totalidade.
16.9.20

Divertindo-me com... Silvana Barbosa (Série Libertinos)

Silvana Barbosa
Divertindo-me com... é uma categoria criada para conversar com vocês sobre livros e séries de um mesmo autor.

É com muito orgulho que venho falar de Silvana Barbosa, carioca da Tijuca, mas que já morou em vários lugares diferentes, inclusive em BH. Sagitariana de 13 de dezembro, e acredita que estes dois fatores à ajudaram a fazer amigos, e criar histórias, antes mesmo de imaginar que poderia um dia escrever livros. A indicação dos livros foi da Renara, que jurava que eu iria amar o jeito da Silvana escrever e posso dizer que ela estava certa. Depois que li "Por você", não consegui mais parar de ler, afinal os personagens que estão nesse livro ganham voz e vida nos próximos, criando uma sequência maravilhosa. É claro que a vontade de mais, me fez ler a série quase sem parar até ter saudade dos personagens quando terminei e aquela leve culpa de ter lido muito rápido.

A série principal foi lançada pela Portal Editora e também pode ser comprada em formato e-book na Amazon, sendo os spin-off apenas nesse formato, e disponível em Kindle Unlimited também.

A ordem de leitura recomendada é:
  • Por Você - Libertinos Livro 1
  • Somente em Teus Braços - Libertinos Livro 2
  • Ao Dispor do Seu Amor - Libertinos Livro 3
  • Arrebata-me! - Libertinos Livro 4
  • Ouça Meu Coração - Libertinos Livro 5
  • Um Natal com Amor - Um conto da série Libertinos
  • Eu Fico com Ela - Um conto de Ano Novo da série Libertinos
14.9.20

O Pecado de Lady Isabel [Mrs. Henry Wood]

Mrs. Henry Wood

Clube de Leitores Pedrazul

A leitura de clássicos me proporciona um prazer diferenciado, me sinto privilegiada quando estou lendo algo que foi publicado originalmente em 1853. Na leitura de O Pecado de Lady Isabel, um forte sentimento de "tudo continua como sempre foi" me atingiu, pois foi muito fácil transcrever os sentimentos que permeavam os personagens na época para os tempos atuais. Lendo a resenha você vai me entender melhor.

Tornando-me assinante do Clube de Leitores Pedrazul, que a cada dois meses me envia uma caixinha surpresa com um livro, preferencialmente clássicos ingleses inéditos, juntamente com um brinde surpresa e marcadores, estou tendo uma oportunidade única de conhecer novos clássicos. E o segundo livro que li foi O Pecado de Lady Isabel de Mrs. Henry Wood, que segundo a carta que sempre acompanha as caixinhas, nasceu Ellen Price e usava o nome do marido, prática comum na época.
11.9.20

Eu Estou Pensando Em Acabar Com Tudo [Iain Reid]

Iain Reid

Cortesia da Editora Rocco

Voltamos a falar do livro "Eu Estou Pensando Em Acabar Com Tudo" de Iain Reid, publicado em fevereiro de 2017 pelo selo Fábrica231 da editora Rocco. Agora está sendo lançado o filme na Netflix, então que tal recordar a resenha do livro?
9.9.20

Uma Noiva Rebelde, Vol. 04 - Série Os Rokesbys [Julia Quinn]

Julia Quinn

Cortesia da Editora Arqueiro

Uma Noiva Rebelde é o quarto e último volume da série Rokesbys de Julia Quinn.

Georgina chamou minha atenção lá em Uma Dama Fora dos Padrões. Georgina é uma típica Bridgerton. Com espírito livre, divertida, curiosa e inteligente.
7.9.20

Emma [Jane Austen]

Jane Austen

Cortesia do Grupo Companhia das Letras

Ler um clássico sempre é um exercício para um leitor, o de deixar no próprio presente seus conceitos e preconceitos e entender sobre a ótica do autor e da época o contexto que deu origem à aquela história que atravessou a barreira do tempo. E por isso, eu sempre leio a história após algum tempo optando por outra edição diferente da primeira para me dar uma nova visão da mesma história.

E esse é o caso, a leitura agora se deu na edição da Penguin que trouxe além da obra um prefácio lindamente escrito e uma introdução maravilhosa. E com um adicional de nota de tradução que encanta e me mostrou ao longo da história porquê de a editora ter a tradição em excelência de publicação dos grandes clássicos. Mas vamos a história, depois volto na questão da edição.
Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir